Banner Local 01 728 x 90

Bahia registra 77 ocorrências médicas em quatro dias de Carnaval

O Governo da Bahia investiu mais de R$ 3,7 milhões em reforços nos plantões em unidades de sa√ļde

Por Jorge Matos em 12/02/2024 às 20:45:13
Foto: Leonardo Rattes/Saúde GovBA

Foto: Leonardo Rattes/Saúde GovBA

O Carnaval chegou ao seu quarto dia no domingo (11) e, ao todo, 77 ocorr√™ncias médicas foram registradas pela Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) nos circuitos da folia até às 6h da manhã desta segunda-feira (12). O Circuito Dodô, na Barra, respondeu por 47 destes registros, com outros 18 no Osmar, no Campo Grande, quatro na Praça Castro Alves e no Circuito da Liberdade, tr√™s no Circuito Batatinha, no Pelourinho, e um em Cajazeiras.

Para o Carnaval, o Governo da Bahia investiu mais de R$ 3,7 milhões em reforços nos plantões em unidades de saúde, postos de testagem de Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST) e outras ações de prevenção. "A nossa responsabilidade é do tamanho da festa,ou seja, enorme. Por isso, investimos tanto em ações que são o suporte assistencial necess√°rio à nossa população e aos nossos visitantes e também ajudam a prevenir e tratar IST", declara a secret√°ria da Saúde do Estado, Roberta Santana.

Estandes j√° realizaram mais de 5.500 testes de IST

Desde o início da folia, 5.588 testes r√°pidos para detecção de HIV, Sífilis, hepatite C e hepatite B foram realizados nos tr√™s postos de testagem de IST montados pela Sesab. No total, 15 deram positivo para HIV, 94 para Sífilis, um para Hepatite B e tr√™s para Hepatite C.

Em Salvador, os espaços funcionam no Circuito Dodô, na Av. Centen√°rio (Barra) e na Av. Milton Santos (Ondina). J√° em Porto Seguro, a estrutura fica localizada na Passarela do Descobrimento.

Quem testou positivo passou por uma orientação e j√° saiu do estande com consulta marcada. J√° os pacientes que tiveram resultado positivo para Sífilis, tinham a possibilidade, caso desejado, de j√° iniciar o tratamento no próprio estande, com a aplicação da penicilina benzatina (Benzetacil). Nos quatro dias de Carnaval, 29 pessoas optaram por receber o medicamento.

"Nossas equipes estão trabalhando com dedicação e tendo todo o cuidado para lidar com o público que vai aos postos. Ficamos felizes com a iniciativa da população de buscar a testagem. É fundamental para preservar a saúde e qualidade de vida das pessoas, além de conter a transmissão das IST", afirma a coordenadora de Doenças e Agravos Transmissíveis da Sesab, Eleuzina Falcão.

Além de realizarem os testes de IST, as equipes da Sesab, em parceria com a Superintend√™ncia de Fomento ao Turismo (Sufotur), distribuíram 577.000 preservativos no período, em ações nos circuitos, pontos turísticos e nos estandes.

Violência contra a mulher

O Serviço de Atendimento às Mulheres Expostas à Viol√™ncia Sexual, localizado no Hospital da Mulher, em Salvador, que acolhe mulheres, adolescentes e trans a partir de 12 anos expostas a situações de abusos e viol√™ncia sexual registrou uma ocorr√™ncia proveniente dos circuitos nos quatro dias de festa. O serviço multiprofissional est√° em funcionamento durante 24 horas, em todos os dias do Carnaval.

Hemoba

Nas unidades fixas e móveis do Hemoba em toda Bahia, ao todo, 1.162 pessoas j√° compareceram para doação de sangue nos quatro dias folia, sendo 890 bolsas coletadas. Houve ainda 15 cadastros para doação de Medula Óssea.

Inspeções

A corregedoria da Saúde também est√° em ação durante o período carnavalesco, tendo inspecionado 6.672 profissionais a fim de de aferir as escalas de plantão em diversas unidades de saúde. São elas: Hospital Geral do Estado, Hospital Geral Ernesto Simões Filho, Hospital do Subúrbio, Hospital Geral Roberto Santos, Hospital Geral Menandro de Faria, Instituto Couto Maia, Central de Regulação, as Unidades de Emerg√™ncia de São Caetano, Piraj√° e Curuzu, o Instituto de Perinatologia da Bahia (Iperba) e as maternidades Tsylla Balbino e Albert Sabin.




Fonte: Ascom/Sesab

Comunicar erro
Banner Local 02 728 x 90

Coment√°rios

Banner Local 03 728 x 90