SALVADOR 01 728 x 90

Sonia Guajajara denuncia perseguição pela Funai e recebe apoio de Lula

Líder indígena foi intimada pela Polícia Federal após associação que ela dirige denunciar a violação de direitos dos indígenas na pandemia.

Por Jorge Matos em 02/05/2021 às 09:00:26
Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Criada para defender os povos indígenas do Brasil, a Funai serve agora, no governo de Jair Bolsonaro, de instrumento de persegui√ß√£o àqueles que deveria proteger. O órg√£o acionou a Polícia Federal contra a Articula√ß√£o dos Povos Indígenas do Brasil (Apib) depois de a entidade denunciar viola√ß√Ķes de direitos cometidas contra os povos indígenas na pandemia da Covid-19.

Como resultado, a coordenadora executiva da Apib, Sonia Guajajara, foi intimada pela PF a depor, em Brasília, na sexta-feira (30). O depoimento foi remarcado porque Sonia n√£o se encontrava na capital federal. Sonia n√£o tem dúvidas de que se trata de persegui√ß√£o e uma tentativa de intimida√ß√£o. "A persegui√ß√£o desse governo é inaceit√°vel e absurda. Eles n√£o nos calar√£o!"


Em nota (leia a íntegra abaixo), a Apib explica que a persegui√ß√£o se deve a uma série de oito vídeos intitulada Marac√°, na qual s√£o denunciadas a falta de apoio adequado do governo federal às comunidades indígenas durante a pandemia. A Funai afirma que, com os vídeos, a Apib difama o governo federal. A associa√ß√£o responde: "O Governo busca intimidar os povos indígenas em uma nítida tentativa de cercear nossa liberdade de express√£o, que é a ferramenta mais importante para denunciar as viola√ß√Ķes de direitos humanos. Atualmente mais da metade dos povos indígenas foram diretamente atingidos pela Covid-19, com mais de 53 mil casos confirmados e 1.059 mortos".

Apoio de Lula e Gleisi

Sonia Guajajara recebeu o apoio de artistas e líderes políticos de v√°rias partes do mundo, incluindo o presidente Lula e a presidenta nacional do PT, a deputada federal Gleisi Hoffmann. "Sonia Guajajara foi intimada hoje pela PF por supostamente ter difamado o governo ao trazer luz a viola√ß√Ķes contra os povos indígenas. É o governo da mentira perseguindo e tentando intimidar aqueles que denunciam a verdade. N√£o v√£o conseguir. Minha solidariedade", escreveu Lula no Twitter.


Leia a nota da Apib sobre a perseguição feita pela Funai:

"O Governo Federal mais uma vez tenta criminalizar o movimento indígena, intimidar a Articula√ß√£o dos Povos Indígenas do Brasil (Apib), a nossa rede de organiza√ß√Ķes de base e uma das coordenadoras executivas da Apib, a lideran√ßa Sonia Guajajara, em um ato de persegui√ß√£o política e racista.

Durante o m√™s da maior mobiliza√ß√£o indígena do Brasil e na semana seguinte da reuni√£o da "Cúpula do Clima", a Polícia Federal intimou Sonia, no dia 26 de abril para depor em um inquérito provocado pela Funda√ß√£o Nacional do Índio (Funai).

O órg√£o cuja miss√£o institucional é proteger e promover os direitos dos povos do Brasil acusa a Apib de difamar o Governo Federal com a web-série "Marac√°", que denuncia viola√ß√Ķes de direitos cometidas contra os povos indígenas no contexto da pandemia da Covid-19. Denúncias essas que j√° foram reconhecidas pelo Supremo Tribunal Federal (STF) através da ADPF 709.

Os discursos carregados de racismo e ódio do Governo Federal estimulam viola√ß√Ķes contra nossas comunidades e paralisa as a√ß√Ķes do Estado que deveriam promover assist√™ncia, prote√ß√£o e garantias de direitos. E agora, o Governo busca intimidar os povos indígenas em uma nítida tentativa de cercear nossa liberdade de express√£o, que é a ferramenta mais importante para denunciar as viola√ß√Ķes de direitos humanos. Atualmente mais da metade dos povos indígenas foram diretamente atingidos pela Covid-19, com mais de 53 mil casos confirmados e 1059 mortos.

N√£o ir√£o prender nossos corpos e jamais calar√£o nossas vozes. Seguiremos lutando pela defesa dos direitos fundamentais dos povos indígenas e pela vida!

Sangue indígena, nenhuma gota a mais!"

Fonte: pt.org.br

Comunicar erro
PagSeguro 02 728 x 90

Coment√°rios

Isael Barros