SALVADOR 01 728 x 90

Segurança do Atakarejo e mais três são presos por mortes de tio e sobrinho

Bruno e Yan Barros da Silva foram mortos em 26 de abril horas após terem sido flagrados furtando pacotes de carne no Atakadão Atakarejo

Por Jorge Matos em 10/05/2021 às 19:37:59
Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Um segurança do supermercado Atakadão Atakarejo e mais três homens foram presos na manhã desta segunda-feira (10) suspeitos de envolvimento nas mortes de Bruno Barros da Silva (29), e seu sobrinho, Yan Barros da Silva (19), no dia 26 de abril, em Salvador.

Eles foram flagrados por seguranças furtando pacotes de carne no supermercado Atakadão Atakarejo, de Amaralina. No mesmo dia, ambos foram encontrados mortos no porta-malas de um carro com tiros e sinais de tortura, em Brotas.

Segundo informações da Polícia Civil, o supermercado Atakarejo não registrou boletim de ocorrência do furto,. A principal suspeita é que tio e sobrinho foram entregues pelos seguranças do supermercado a traficantes do bairro, que os teriam executados.

A operação policial desta segunda-feira teve a participação de cerca de 200 policiais civis, militares, agentes da inteligência da Secretaria de Segurança Pública e do Departamento de Polícia Técnica.

Foram realizadas incursões em Salvador, nos bairros do Nordeste de Amaralina, Mata Escura e Fazenda Coutos, e na cidade de Conceição do Jacuípe. Um mandado de busca e apreensão foi cumprido na sede do Atakadão Atakarejo, onde foram apreendidos computadores e outros equipamentos.

De acordo com a Polícia Civil, foram presas quatro pessoas: um segurança do supermercado e três suspeitos de envolvimento com o tráfico de drogas, que tiveram prisão temporária decretada pela Justiça.

Em nota divulgada nesta segunda-feira, o Atakarejo informou que "não comenta decisões judiciais e vai continuar colaborando com as autoridades competentes para que o fato policial seja esclarecido o mais rapidamente possível".

Fonte: Folha de S. Paulo

Comunicar erro
PagSeguro 02 728 x 90

Comentários

Isael Barros