SALVADOR 01 728 x 90

Randolfe quer explica√ß√Ķes de Osmar Terra sobre gabinete paralelo

Vice-presidente da CPI da Pandemia, o senador Randolfe Rodrigues apresentou requerimentos para as convoca√ß√Ķes do deputado federal Osmar Terra e do virologista Paolo Zanotto.

Por Jorge Matos em 06/06/2021 às 13:48:07
Foto: Waldemir Barreto/Agência Senado

Foto: Waldemir Barreto/Agência Senado

O vice-presidente da CPI da Pandemia, senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), apresentou nesta sexta-feira (4) requerimentos de convoca√ß√£o para que o deputado federal Osmar Terra (MDB-RS) e o médico Paolo Zanotto se expliquem à comiss√£o. A motiva√ß√£o para os requerimentos foi o vídeo divulgado pela imprensa que mostraria reuni√£o de um suposto "gabinete paralelo" ao Ministério da Saúde, cujo objetivo seria aconselhar o presidente Jair Bolsonaro sobre a pandemia. Segundo Randolfe, o vídeo seria "a prova definitiva da exist√™ncia do gabinete paralelo".

No vídeo divulgado pelo site de notícias Metrópoles aparecem o virologista Paolo Zanotto, a médica Nise Yamaguchi, o deputado federal Osmar Terra (ex-ministro da Cidadania no governo Bolsonaro) e o próprio Jair Bolsonaro. Osmar Terra é chamado pelo presidente de "padrinho" e "assessor". No vídeo, h√° falas de ressalva ao uso da vacina e de defesa da hidroxicloroquina. Os participantes da reuni√£o n√£o usavam m√°scaras.

V√°rios senadores utilizaram o Twitter para reagir à publica√ß√£o do vídeo. Para o presidente da CPI da Pandemia, senador Omar Aziz (PSD-AM), o vídeo confirmaria a tese do gabinete paralelo e explicaria por que o ex-ministro Eduardo Pazuello dizia que a vacina√ß√£o "iniciaria no dia D, na hora H". Segundo Omar Aziz registrou em sua conta no Twitter, Pazuello esperava "as determina√ß√Ķes do "shadow cabinet" [express√£o citada por Paulo Zanotto no vídeo]".

Na opini√£o do relator da comiss√£o, senador Renan Calheiros (MDB-AL), a exist√™ncia do gabinete paralelo é "ineg√°vel". Ele lembra que a reuni√£o exibida no vídeo ocorreu em setembro do ano passado, quando a primeira oferta de vacinas da Pfizer j√° tinha ocorrido. E acrescenta que "no dia 12 de setembro a Pfizer oferta vacinas diretamente a Bolsonaro, que despreza o imunizante até mar√ßo de 2021. Apenas no dia 18 de agosto foram ignoradas 130 milh√Ķes de doses". Para Renan, o vídeo mostra "o ministério da doen√ßa em a√ß√£o".

O senador Jorge Kajuru (Podemos-GO) também comentou o vídeo em sua conta no Twitter. Ele afirmou que o gabinete paralelo estaria "orientando Bolsonaro contra as vacinas". Os senadores petistas Rogério Carvalho (SE), Jean Paul Prates (RN) e Humberto Costa (PE) também usaram suas redes sociais para destacar a divulga√ß√£o do vídeo e criticar a atua√ß√£o do governo federal.

Humberto afirmou que "o desgoverno Bolsonaro é t√£o delinquente que n√£o teve nenhum receio de registrar em vídeo a prova [do] seu crime". Segundo o senador, "enquanto deixava sem resposta ofertas de vacina, o presidente participava de reuni√Ķes do gabinete paralelo, onde negava a ci√™ncia e defendia medicamentos sem efic√°cia".

Ajude o HojeBahia a manter sua linha editorial independente, contribuindo com qualquer valor acima de R$1,00
PIX: 37.633.012/0001-63
Ou deposite no:
Banco 290 - PagSeguro Internet S.A.
Agência:0001
Conta Corrente: 11922871-6
Contamos com o seu apoio e agradecemos antecipadamente


Fonte: Agência Senado

Comunicar erro
PagSeguro 02 728 x 90

Coment√°rios

Isael Barros