SALVADOR 01 728 x 90

Ponto Final

Por Jorge Matos em 07/06/2021 às 17:14:56
Fotos: Agência Brasil

Fotos: Agência Brasil

Indigente intelectual

Foi um desastre a entrevista do indigente intelectual elevado ao cargo de ministro do Turismo, Gilson Machado Neto, à CNN Internacional, sobre a Copa América e à possível chegada de turistas ao Brasil em meio à pandemia. Com um inglês de beira do cais, o dito cujo tentou justificar a realização do torneio. O jornalista Ancelmo Gois classifica em sua coluna no jornal O Globo como "um vexame" a entrevista. Acontece que dar vexame provavelmente garante ao ministro longa permanência no governo do obtuso.


E por falar...

E por falar em péssimo inglês, traduzir errado o texto da revista inglesa The Economist afirmando que ela estaria sugerindo a eliminação de Bolsonaro é de uma burrice extrema. De quem eles iriam rir, em seguida?

Meu amigo Grauçá Capenga corrige aqui: rir não, gargalhar!


Queimando grana

As viagens do presidente Jair Bolsonaro (sem partido e sem noção) já consumiram R$ 1,67 milhão neste ano até o dia 28 de maio, somente em diárias da equipe de segurança que o acompanha, informa o Estadão. Candidato à reeleição, Bolsonaro usou muitos compromissos agendados fora de Brasília para fazer política, como no último dia 23 de maio, um domingo, quando participou de um passeio com motociclistas, no Rio.

Do total consumido com diárias dos homens do Gabinete de Segurança Institucional (GSI) - R$ 1,67 milhão -, a maior parte (R$ 1,54 milhão) foi para militares. O Estadão apurou o valor usando a ferramenta Siga Brasil, do Senado, a partir de informações do próprio GSI, órgão ligado à Presidência da República.

E assim o ignóbil vai queimando o meu, o seu, o nosso suado dinheirinho...


Cala a boca, Batista!

E o Mourão, hein? Pra não ficar atrás na disputa pelo título de "quem é mais trapalhão, o vice ou o titular?", arquitetou um comentário ridículo "indicando" Tite para assumir o cargo de técnico do Cuiabá: Mourão disse, sem citar o nome de Tite, que se o treinador "não quer mais", pode "pedir o boné", porque "o Cuiabá está precisando de um técnico". Tite manteve a compostura e não respondeu que o Brasil está precisando de um vice.


Foi corrupção!

O senador e vice-presidente da CPI da Covid, Randolfe Rodrigues (Rede-AP) está convencido de que a negativa de compra de vacinas foi motivada "por dinheiro, por corrupção". "Esse negócio que a hidroxicloroquina era isso, era aquilo, negativo! Era dinheiro (…) Vou ser mais claro: corrupção… passando a mão… esquema! Advocacia administrativa. Nós temos provas disso na CPI", afirmou em entrevista ao programa Revista Brasil TVT no domingo (6).
Frase do dia "Não falha: Trump, Moro, Macri, agora esse Caboclo. Só se juntar com a família miliciana ou seus asseclas que vem a decadência. Lição importante para os que acham que "emendas" resolvem tudo..."

Frase do dia
"Não falha: Trump, Moro, Macri, agora esse Caboclo. Só se juntar com a família miliciana ou seus asseclas que vem a decadência. Lição importante para os que acham que "emendas" resolvem tudo..."
Flávio Dino, no Twitter

Ajude o HojeBahia a manter sua linha editorial independente, contribuindo com qualquer valor acima de R$1,00
PIX: 37.633.012/0001-63
Ou deposite no:
Banco 290 - PagSeguro Internet S.A.
Agência:0001
Conta Corrente: 11922871-6
Contamos com o seu apoio e agradecemos antecipadamente

Comunicar erro
PagSeguro 02 728 x 90

Comentários

Isael Barros